Em 1976, uma maioria de deputados constituintes pró-capitalistas aprovou a Constituição “mais progressista do mundo”, que entre outras coisas proclamava o direito à habitação e a construção do socialismo.

Sob o olhar atento de milhões de trabalhadores, soldados e camponeses que tinham protagonizado 19 meses de luta...


Portugal é um país de baixos salários, isso é conhecimento popular. No entanto, o governo do Partido Socialista com o apoio parlamentar do Bloco de Esquerda, Partido Comunista e Verdes, prometeu um novo capítulo para a vida dos trabalhadores em Portugal. A poucos meses do fim deste famigerado “ciclo virtuoso” o balanço para a classe...


A subida brutal das rendas, que resultou na expulsão massiva de trabalhadores dos centros de Lisboa e do Porto para cada vez mais longe, os salários de miséria e os preços absurdos dos passes — que chegavam a 30% do salário mínimo —, geraram uma situação em que um número crescente de trabalhadores ficava incapaz de procurar...


Ao juntar-se a PCP e BE na aprovação da contagem integral do tempo de serviço dos professores em comissão parlamentar, o PSD e o CDS-PP tiveram como único objectivo desestabilizar o governo, aproveitando da forma mais oportunista a luta dos professores e tendo em vista as próximas eleições europeias e gerais. A oposição que a direita...


O investimento público deste governo é mais uma prova de que a “viragem da página da austeridade” é uma mentira. Neste sector, mantêm-se os valores ínfimos de investimento do governo PSD/CDS que são a antecâmara da privatização. E por mais que se neguem os cortes e se sublinhem pequenos aumentos, a realidade é que, frente aos...


A XI Convenção do Bloco de Esquerda (BE), que teve lugar entre o dia 9 e 11 de Novembro em Lisboa, foi a Convenção de balanço do governo do Partido Socialista (PS) apoiado pela esquerda parlamentar, de balanço da Geringonça. No entanto, no que diz respeito à moção vencedora apresentada pela actual direcção do partido, trata-se de um...


Há um ano atrás analisávamos o Orçamento do Estado (OE) de 2018 e alertávamos para o preço da desmobilização, o preço pago pelos trabalhadores dada a política de paz social levada a cabo pelas direcções reformistas das principais organizações dos trabalhadores: BE, PCP e CGTP.


A história da esquerda portuguesa é uma história peculiar. É marcada por três elementos chave: um regime fascista excepcionalmente duradouro, o “Estado Novo”; a Revolução Portuguesa de 1974, assim como a sua derrota; e, finalmente, a queda da União Soviética e das economias planificadas. Aqui apenas podemos tratar essa história...


Desde a tomada de posse à demissão com o escândalo de especulação imobiliária, o percurso na Câmara Municipal de Lisboa (CML) do vereador eleito pelo Bloco de Esquerda (BE), Ricardo Robles, ilustra claramente o que não pode ser um representante dos trabalhadores e qual não pode ser o papel da esquerda nos...


Sindicato de Estudantes

Os cookies facilitam o fornecimento dos nossos serviços. Ao usares estes serviços, estás a permitir-nos usar cookies.
Mais Informações Ok